terça-feira, 4 de julho de 2017

Lamparinas - parte II


Lamparina para Omolú:
Em meia cabaça devidamente limpa, coloca-se: azeite de dendê, mel de abelhas, vinho tinto seco, azeite de amêndoa, milho torrado e milho de pipoca. Completa-se com azeite de oliva, acende uma mecha que deve ser renovada até que a pessoa melhore. Depois de obtida a graça, enterra-se a cabaça dentro do cemitério.

Lamparina para Ewá:
(Defender-se dos inimigos)
Uma panela de barro, 11 grãos de feijão fradinho, 11 grãos de milho vermelho, açúcar mascavo, azeite de dendê, água de rosas. Completa-se com azeite de oliva e acende-se uma mecha por 11 dias aos pés de Ewá. Despacha-se nos pés de um flamboyant.

Lamparina para Iemanjá:
Uma panela de barro, um pouco de água de flor de laranjeira, um cálice de licor de menta, um copo de água do mar, um pouco de mel de abelhas, um pouco de melado, 04 agulhas de costura, azeite de girassol. Coloca-se tudo dentro da panela, completa com azeite de girassol e acende-se uma mecha por 07 dias. Despacha-se no mar.

Lamparina para Xangô:
Uma melancia, água de rio, 06 pimentas da costa, azeite de oliva, 06 colheres de azeite de dendê, 06 colheres de azeite de coco, 06 pavios de algodão. Abre a melancia, retira a polpa de seu interior e introduz os ingredientes, começando pela água e deixando o azeite de oliva por último, de forma que fique cheia até em cima. Coloca os pavios e deixa aos pés de Xangô até que se queime todo os pavios. A polpa retirada da melancia é esfregada no corpo da pessoa que, depois disso, toma um banho de água limpa.

Lamparina para Obatalá:
Num copo de cristal grosso, coloca-se quatro dedos de água de flor de laranjeira, 10 gotas de baunilha e azeite de oliva. Acende-se um pavio dentro do copo e deixa que queime todo o azeite. Não se despacha o copo, apenas a água do fundo é despejada num gramado.

Lamparina para Nanã:
Metade de uma cabaça bem limpa, 13 moedas pequenas, 13 grãos de milho de pipoca que não tenham estourado ao se fazer pipocas para Obaluaê, 13 pedacinhos de coco seco, 13 sementes de anis estrelado, azeite de dendê, melado de cana, um pouco de lama do fundo de um rio, azeite de oliva. Escreve-se num papel o que se deseja de Nanã. Coloca o papel dentro da cabaça e os demais ingredientes por cima. Completa-se com azeite de oliva, acende-se uma mecha e deixa nos pés de Nanã por 13 dias. Despacha-se nas águas de um rio.

Lamparina para Obá:
(Desfazer um malefício)

Numa panela de barro, coloca-se: 15 sementes de abóbora, um pouco de farinha de milho vermelho torrado, 15 agulhas de costura, 15 pimentas da costa, 15 colheres de vinagre, 15 colheres de suco de limão, uáji, osun, 15 búzios pequenos e azeite de oliva. Acende-se uma mecha e deixa-se por 15 dias nos pés de Obá. Despacha-se no cemitério.

Nenhum comentário: